quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Com cheirinho de ...

Nunca tive memória olfativa, até por ser alérgica, cheiro não é o meu forte. Ou não sinto, ou sinto cheiro ruim com mais facilidade que os outros, ou sinto dor de cabeça com perfumes, e por aí vai.

Mas nessas férias tive uma deliciosa experiência. Descobri que Paris tem cheiro de pão quentinho hummmmmmm Especificamente, croissant com manteiga! Não resisto a um pão recém saído do forno, para não comê-los – todos!- , só mesmo não comprando.

As Boulangeries (padarias) vão marcando as etapas do dia (café da manhã, lanche…) com suas fornadas e enchem a cidade com um perfume apetitoso!

Saindo de Paris, fomos para Amsterdã, para minha surpresa, também fiz um registro do cheiro da cidade, infelizmente, dessa vez, bem menos agradável. Asmterdã fede a urina, talvez eu esteja sendo injusta, talvez seja só o centro e centro da cidade não é cheiroso em lugar nenhum. Mas o problema é que o centro de Amsterdã é quase toda sua zona turística e era exatamente onde estávamos hospedados.


Amsterdã funciona desde o seu princípio como um grande porto aberto ao mundo e como tal, recebia muitos marinhos, a noitada era, e continua sendo, bem animada e a mijação era geral! Pra resolver ou minimizar o problema, o governo mandou construir uns mictórios na rua. Achei super legal a ideia e o “desing” engraçado, pedi pro Rapha entrar pra eu bater uma foto. Foi quando descobri que o mictório é só “cabaninha” pra ninguém te ver mijando e também uma forma de marcar o território pros mijões. Porque você urina praticamente na rua, não tem cano, não tem esgoto, não tem aguinha, nada! Impossível não feder, né?!


A questão do xixi é tão intensa em Amsterdã que eles também elaboraram um “anti-urinol”, uma placa que previne cantos convidativos de levar uma bela mijada!


Caso o indivíduo insista, leva com o xixi todo nas pernas. Tecnologia simples e eficaz hahaha

Se eles não lavam a cidade? Lavam sim, com aquelas máquinas que usam no Rio para limpar a orla depois do Ano Novo e junto vem funcionário com uma mangueira super potente, pra não escapar nenhum cantinho! Mas acho que não dá vazão...

4 comentários:

asnalfa disse...

kkkkkkkkkkkkkkk
Amei o post! Cômico! Hilario!
Ja tive que mijar na rua sim! Varias vezes! Fazer o que ne? Ainda bem que sou homem. Alem disso me parece que holandes adoraa fazer tudo na rua. Adoram ser vistos. Parece que tem ate lei pra fazer sexo de madrugada na grama da praca, mas nao pode jogar o preservativo no chao e tem que ser silencioso!

Aline Mariane disse...

sério que Paris tem cheiro de croissant?! Sera que acostumei? Eu diria que Paris tem cheiro de... aeroporto! Bizarro?!

E Amsterdan fede xixi!! Que sorte que quando estive la fazia tanto frio, mas tanto frio que meu nariz congelou e nao sentiu nada. Ou talvez os xixis tenham congelado! Diria que Amsterdan tem cheiro de gelo. Ou de nariz entupido.

raphaelloureiro77 disse...

com certeza o cheiro de pão quentinho e saído do forno é mais um "plus" de paris e contrasta com o o odor de urina de amsterdam que não chega a ser o que ocorre por exemplo no RJ durante o carnaval. alias me impressionou um pouco essa coisa de amsterdam explorar em demasia o incentivo ao sexo e drogas em detrimento da parte histórica que tem bastante conteúdo. mas valeu a pena e pelo que vimos la é uma capital bastante visitada por brasileiros

Cris disse...

Cheiro de aeroporto hehe, já ouvi falar de muitos cheiros, mas esse é a 1ª x kkkk

Isso memória olfativa vai muito da experiência de cada um…

Etiquetas