quarta-feira, 18 de junho de 2008

A queda do mito da Esmeralda (18-06-08)

Há meses tenho o esboço desses textos na cabeça, mas muuuuuuuuuuuuita coisa aconteceu por aqui. Rapha ficou desempregado, Rapha conseguiu emprego (eba!), horas extras no trabalho (muuuuuuuuuuuitas, pena q os impostos comem tudo :( ) e todas aquelas coisinhas de casa q, se você faz, ninguém nota, se você não faz, sua vida vira um caos!!!! Infelizmente, empregada aqui é um artigo de luxo e o serviço nem sempre é satisfatório. Porque a vida fica muito mais leve e sobra muito mais tempo, quando podemos ter estas senhoras conosco hehe

Aqui, tivemos com um clima louco, como em todo o mundo. Agora, já se nota a chegada do verão, que começa mesmo no sábado. O clima e as pessoas estão mudando e sei que vou ter muita coisa nova e diferente pra contar pra vcs. Mas antes quero falar de uns assuntos que foram muito marcantes pra mim e sobre os quais ainda não tive tempo de escrever.

Não sei se cheguei a comentar com vcs, hj eu trabalho na sede da empresa, mas trabalhei por alguns meses em uma loja que fica dentro de um centro comercial. Depois do almoço, como mamãe ensinou, ia escovar os dentes no banheiro, que era frequentado por outras lojistas e também clientes. Váaaaaaaaaaarias vezes notei que as pessoas entravam e ficavam olhando. E eu pensava, mas que raio essa gente tanto olha. Conversando com o Rapha, que na época trabalhava em um shopping, descobri que ele passava pelo mesmo. Bem, com o tempo e com um pouco de observação, percebemos que escovar os dentes, no meio do dia, em um banheiro público, causava um grande estranhamento nos portuguesês. Aqui, a escovação de dentes não é um hábito e as falhas na boca são muito comuns em toda gente, inclusive em quem trabalha em loja de elite ou com comida. O que varia mesmo é o número de falhas ahaha quanto menos dinheiro mais buracos hahaha Pra vcs não acharem que é exagero meu, uma amiga brasileira, dentista aqui em PT, disse que eles normalmente só escovam os dentes ao acordar. Eles simplismente não sabem que precisam fazer o mesmo após as refeições e também antes de dormir!!! Já viu, se vc é sortudo de encontrá-los pela manhã, ótimo! Já pela tarde é melhor dar um adeusinho de longe hehehehe Ah, pra terminar este asunto, lembrei de uma propaganda que me fazia rir. Era uma propaganda séria de escova de dente, daquelas em que aparecem o dentista e citam pesquisas, mesmo assim não tinha como não achar graça. Eles diziam, com a maior naturalidade, que os dentista recomedam a troca da escova de 3 em 3 meses, mas que os portugueses só faziam isso uma vez por ano uauauallll uauauaullllllllll E eu completava pra mim mesma: e não fazem por higiene, mas por superstição, vai ver acreditam que dá azar haha Ano Novo, escova nova haaa

Quando cheguei a Portugal notei muita, mas muita gente de petro. Eu sabia das viúvas que ainda hj vestem um luto eterno pelos maridos. Mas aquelas pessoas eram diferentes. Mais novas e haviam também homens e jovens. Famílias inteiras, todos de roupas escuras e pele morena, mulheres de rostos cobertos por lenços negros... então, por associação, pensei: nossa, não imaginava como a comunidade mulçumana era tão grande aqui em PT!!! Sabia que tinha muito árabe, mas tantos mulçumanos assim, de petro, de cabeça coberta, isso eu não podia imaginar! Fiquei com isso na cabeça, mas não comentei com ninguém. Um dia, depois de fazer o câmbio de uns clientes (clientes com o perfil descrito acima), uma colega de trabalho disse: olha, temos que tomar cuidado com as notas trocadas com ciganos. Eles recebem dinheiro de todo tipo de gente. Nunca se sabe etc. Foi então, pasmem (como eu), que descobri que todo "aquele luto" era dos ciganos. Aqui, ao contrário do Brasil, eles não se vestem com roupas coloridas e não lêem a sorte nas mãos ou nas cartas. Pra mim, foi a queda do mito da Esmeralda, porque os ciganos portugueses nada têm daquela moça de pele parda e vestidos coloridos, saltitante e cantante, que despertou paixão no Corcunda de Notre Dame.

Abaixo, o link de um matéria sobre os ciganos em Pt.:
http://www.plenitude.com.pt/index.php?q=C/NEWSSHOW/2519

3 comentários:

Nat disse...

1- Escovar os dentes 3 vezes ao dia é, assim como tomar banho, hábito tupiniquim. Eu virei atração em TODOS os países para os quais viajei. Note: TODOS os países!!! Em aeroporto, então, virava elemento distoante.

Ainda sobre isso: Uma amiga começou a trabalhar num bar (na praia, no verão) e a colega de trabalho dela veio toda feliz, contar que estava namorando. Daí, minha amiga perguntou: - e que tal? Ele é bonito? - Sabe o que menina respondeu??! - É, sim. E você não acredita, gaja: ele tem TO-DOS os dentes na boca.
Como diz vc: UAALLLLLL

2- Eles MORREM de medo dos ciganos. Fico só pensando se eles tivessem que passar todos os dias em frente à Maré, como eu faço para ir ao Fundones.

Beijos e continue escrevendo

Cris disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Cris disse...

1- Eu não estive tempo suficiente no aeroporto pra virar atração hehe, mas virei no centro comercial e o rapha mais ainda, pq o dele era mais movimentado. Ah, eles tb não são muito de lavar as mãos depois de irem ao banheiro, nem mesmo qd fazem numero 2 (bem, eu não reparei se era 1 ou 2, mas o rapha já reparou e disse q indifere hhaah) Agora eu sei pq os japoneses se cumprimentam daquela maneira. hahah Acho q vou aproveitar meus olhos puxadinhos e começar fazer isso por aqui tb ahaha

Ainda fico pensando, essa amiga da sua amiga deve ser bem prafrentex, afinal, ela notou e valorizou o gajo ter TO-DOS os dentes na boca ahaaha
bjs

Etiquetas